Wat Pa Maha Chedi Kaew, o templo de um milhão de garrafas – Calça Thai

Wat Pa Maha Chedi Kaew, o templo de um milhão de garrafas

01 Junho 2015
0 comments

Escrito por Calça Thai

Aqui na Calça Thai fazemos calças mas também somos amantes da Tailândia e da cultura tailandesa.

Wat Pa Maha Chedi Kaew, o templo de um milhão de garrafas

Definitivamente a Tailândia é um lugar surpreendente. Além de sua cultura e suas belezas naturais, ideias inovadoras tiradas das coisas mais simples tornam esse país uma fonte ainda maior de inspiração.

O templo Wat Pa Maha Chedi Kaew é uma delas. Com muita dedicação e visão, o templo foi praticamente todo construído com garrafas usadas de cerveja. O projeto, que começou informalmente entre os monges residentes, foi ganhando força em conjunto com o governo e a comunidade local, que apesar de uma certa desconfiança no início, se mobilizaram para apoiar a iniciativa. As garrafas usadas eram levadas ao templo, como forma de contribuir tanto para o projeto quanto para a reciclagem do lixo na região.

Localizado em Sisaket, próximo da fronteira com o Camboja (e cerca de 640 km da capital Bangkok), o Wat Pa Maha Chedi Kaew é um complexo de 20 construções feitas com mais de 1,5 milhão de garrafas. Além de um templo principal construído no estilo tradicional em cima de um lago, as outras construções contemplam salas de oração, um crematório, acomodações e até banheiros para os visitantes, tudo feito com garrafas.

As estruturas de sustentação são construídas com vigas de concreto, mas todas as paredes são formadas pelo reuso das embalagens que se dividem entre apenas dois tipos: as garrafas verdes da cerveja holandesa Heineken e as garrafas marrons da cerveja local Chang. Pode parecer pouco pra uma obra tão grande, mas não falta criatividade! Com apenas essas duas cores, as paredes possuem os mais diversos padrões e combinações. Os monges também elogiam a praticidade na manutenção, “as garrafas não perdem a cor e são fáceis de limpar”, dizem. Além disso, o entorno das construções são decorados com vários mosaicos feitos com as tampas das garrafas, reafirmando ainda mais o compromisso do projeto com a reciclagem dos materiais locais.

O mais interessante é que mesmo com toda essa inovação nos uso dos elementos, o templo possui as características da arquitetura tradicional tailandesa, como os típicos formatos dos telhados da Sala Thai, um dos símbolos nacionais da Tailândia. O projeto também busca relacionar a arquitetura com os princípios da religião budista. Os monges querem que o projeto seja visto não só como uma forma ecológica e sustentável de construção mas também como um símbolo do processo de limpeza da mente humana, que tem a capacidade de se transformar e se reinventar constantemente.

  

Toda a dedicação e paciência colocadas no projeto já tiveram retorno e o complexo é considerado um dos principais edifícios ecologicamente corretos do sudeste asiático e um dos pontos turísticos mais conhecidos da região.

Iniciado em 1984, o templo é um projeto contínuo e que continua aceitando garrafas usadas. O monge Abbot San Kataboonyo declara que eles não pretendem parar de trabalhar, “quanto mais garrafas chegarem, mais prédios construiremos”. Já pensou em fazer sua contribuição pessoalmente?

 

A Calça Thai também está no Pinterest! Siga o nosso perfil e confira: https://www.pinterest.com/calcathai

Deixe o seu comentário