Descubra se os budistas comemoram o Natal

de Bruna Cecílio em December 17, 2021
ilustração de Buda meditando sob a figueira

O Natal é uma data muito importante para os cristãos, pois simboliza o nascimento de Jesus Cristo, reconhecido por eles como o salvador da humanidade, e é fortemente celebrado em todo o mundo.

Nessa época, o “espírito natalino” está por toda a parte. As pessoas ganham um ânimo diferente, e mostram mais sensibilidade e solidariedade pelo próximo. E para muitos, surge aquela curiosidade em saber como é essa celebração para outras religiões. Será que os budistas também comemoram essa data? Como é o Natal na Tailândia?

Para descobrir isso e conhecer algumas semelhanças e diferenças nas práticas religiosas do cristianismo e do budismo no mês de dezembro, continue lendo o artigo.

 

Semelhanças e diferenças entre o budismo e o cristianismo

Apesar das diferenças, mesmo entre religiões diversas é possível reconhecer pontos em comum.

Os cristãos seguem os ensinamentos de Jesus Cristo, um ser enviado por Deus para encarnar na Terra há cerca de 2 mil anos para ensinar o amor divino. Já os budistas, seguem os preceitos de Sidarta Gautama, o Buda, que é um homem comum (embora fosse um príncipe) que alcançou o caminho da iluminação e viveu no planeta há cerca de 2.500 anos.

Mas guardadas essa e algumas outras diferenças, as duas religiões têm valores parecidos, como o amor ao próximo, a caridade e a humildade.

Mesmo que os budistas não tenham Jesus no centro de suas crenças, certamente lhe tem muito respeito. Para os adeptos do budismo, Cristo é considerado Bodhisattva, uma palavra sânscrita usada para definir alguém que abriu mão do próprio bem-estar para se doar ao próximo, levando amor e compaixão para a humanidade, e nisso há muito em comum com os preceitos budistas.

 

monge budista meditando em templo

Foto de Suraphat Nuea-on no Pexels

 

Os budistas comemoram o Natal?

Como o Natal significa o nascimento de Jesus, os budistas não celebram a data como os cristãos, mas partilham do mesmo sentimento de generosidade e união que o mês de dezembro traz, independente da religião.

Mas não é só isso! O mês de dezembro também tem um significado especial no budismo, pois no dia 8 de dezembro se celebra o Dia da Iluminação de Buda. Foi quando, após se sentar em meditação zazen sob uma figueira (Ficus religiosa ou Árvore de Bodhi) por 7 dias e 7 noites (ou por 49 dias, segundo outra corrente), Sidarta Gautama alcançou a iluminação espiritual, aos 35 anos.

Nesse momento, ele compreendeu as causas do sofrimento e o que fazer para eliminá-lo. Desde então, Sidarta passou a ser conhecido como Buda, que significa “iluminado, desperto”.

 

Como os budistas celebram dezembro?

Assim como os cristãos decoram suas casas e possuem tradições próprias no mês de dezembro, os budistas também o fazem, mas são movidos pela comemoração do Dia da Iluminação de Buda.

Vários adeptos do budismo pelo mundo enfeitam o lar com uma figueira (ou uma árvore artificial para simbolizá-la) decorada com luzes. Também existe uma prática de preparar refeições especiais e biscoitos no formato de coração, no formato da folha da figueira. De certa forma, é bem parecido com o dezembro cristão, concorda?

Além disso, os templos realizam o Rohatsu Sesshin de 01 a 08 de dezembro, que é um retiro de meditação que simboliza o período que Sidarta passou até alcançar o despertar. O evento é finalizado no dia 08, com a Jôdô-e, a Cerimônia da Celebração da Iluminação de Buda, que é uma forma de expressar a profunda gratidão pelo despertar de Buda.

Na ocasião, é comum que o local seja preparado com incenso, flores, velas, lâmpadas, chá, doces e outras iguarias raras, e os presentes entoam cânticos para demonstrar o quanto o momento é especial.

 mulher e crianças rodeadas de luzes de Natal na Tailândia

Foto de Suraphat Nuea-on no Pexels

 

Como é o Natal na Tailândia?

Pode parecer estranho, mas apesar de mais de 90% da população ser budista, as ruas, lojas e shopping centers da Tailândia ficam repletos de decoração natalina! A gente esclarece a razão.

É que a Tailândia é um destino cada vez mais procurado por turistas internacionais e por estrangeiros que decidem morar no país. Então, provavelmente por razões comerciais, muitos estabelecimentos vêm adotando a decoração de Natal.

Sem contar que com a chegada desses imigrantes de países cristãos, é possível observar também o surgimento de algumas igrejas cristãs, o que vai criando uma tradição própria dessas comunidades.

Fora isso, para a população budista tailandesa não há razão para uma comemoração específica no dia 25 de dezembro, pelas razões que explicamos acima. 

 

Então, afinal, os budistas não celebram o Natal, mas eles possuem um bom motivo para considerar o mês de dezembro um período excepcional do ano, já que celebram o Dia da Iluminação de Buda.

E de forma muito semelhante aos cristãos, decoram suas casas, reúnem a família, servem comidas preparadas para a data e relembram a importância de valores como o amor, a compaixão, o perdão e a generosidade.

Cada religião tem o seu caminho e suas tradições, mas no final o objetivo de todas elas é guiar cada um de nós na direção da evolução espiritual.

Aproveitamos para deixar nossos votos de boas festas de final de ano a todos, que a paz e os bons sentimentos estejam com você e sua família.

 

Loja Calça Thai

Escrito por

Se você gostou desse post, você também pode gostar:

Calça Jasmine: dicas para se vestir com sucesso
Calça Jasmine: dicas para se vestir com sucesso
Você já experimentou uma calça Jasmine? Depois de usar pela primeira vez é difícil ter somente uma peça dessa no seu guarda-rou...
Saiba mais
Tem novidade na Calça Thai: conheça os Lenços Premium
Tem novidade na Calça Thai: conheça os Lenços Premium
A Calça Thai continua lançando novidades para você, e agora apresentamos mais um item da coleção Premium: os Lenços Premium. As...
Saiba mais
Índigo: conheça o corante natural que vem das plantas
Índigo: conheça o corante natural que vem das plantas
Para dar cor aos tecidos, a indústria da moda usa com frequência a anilina, um corante de origem sintética. Mas você sabia que ...
Saiba mais

DEIXE UM COMENTÁRIO

Os comentários devem ser aprovados antes de aparecer


VOLTAR PARA O TOPO