A vida incrível (e cheia de mistérios) do rei da seda na Tailândia – Calça Thai

A vida incrível (e cheia de mistérios) do rei da seda na Tailândia

26 Julho 2016
0 comments

Escrito por Marina Lourenço

A vida incrível (e cheia de mistérios) do rei da seda na Tailândia

Jim Thompson. Para os tailandeses, esse nome soa bastante familiar. Para os apaixonados por moda, tecidos e seda, também. Se você nunca escutou, está na hora de conhecê-lo.

Ele nasceu no começo do século passado, 1906, nos Estados Unidos. E até hoje o que aconteceu com ele depois de 1967 é um mistério. Nessa época, ele era um dos americanos mais famosos vivendo na Tailândia – e a gente vai explicar o porquê.

Foto Jim Thompson

Jim Thompson foi um dos principais responsáveis por revitalizar a indústria da seda na Tailândia, nos anos 50. Foi o primeiro ocidental, ou na Tailândia seria chamado de “farang” (gringos ocidentais), que realmente apreciou os tecidos tailandeses e fez com que eles se tornassem famosos pelo mundo todo. Um fato curioso é que ele morou na Tailândia durante décadas e nunca aprendeu a falar tailandês. Mesmo assim, depois de se tornar um reconhecido especialista em arte tailandesa, conseguiu salvar a indústria dos tecidos do país.

Mas muitos outros fatos curiosos, e misteriosos, cercam a vida de Jim Thompson. Ele era ex-agente da OSS (Office of Strategic Services), o antigo nome da CIA (Central Intelligence Agency), e lutou pelos Estados Unidos em diversas partes do globo. Em março de 1967, durante uma trilha curta pelas selvas da Malásia, ele desapareceu. O fato bastante contraditório é que, durante seu tempo no exército, ele realizou treinamentos intensos em trilhas pela selva, o que torna seu sumiço ainda mais curioso.

Depois do seu desaparecimento, aconteceu uma das maiores buscas já realizadas no sudeste asiático, e mesmo assim ele nunca mais foi visto. As teorias são diversas: sequestro – embora nenhum contato para resgate jamais apareceu; assassinato – embora o corpo nunca foi encontrado; trabalho secreto, tendo se voluntariado para auxiliar o conflito no Vietnã, ou eliminado por concorrentes – embora nenhum evidência foi apresentada para ambas as teorias. Para completar o caso, sua irmã foi assassinada poucos meses após seu desaparecimento e ninguém sabe a razão.

Jim Thompson 1950

Jim Thompson 1950
 

Sua empresa sofreu diversas alterações no modelo de negócios e operações depois de não se ter notícias dele por algum tempo – a partir daí, criaram grandes fábricas para produzir os tecidos. Mas antes disso, Jim Thompson mantinha a produção baseada nas casa das famílias produtoras. Dessa maneira, as mães não precisavam sair de casa para trabalhar, podiam manter suas tradições e suas principais fontes de renda se tornaram a produção dos tecidos. Com essa estratégia, milhares de tailandeses foram empoderados e saíram da pobreza.

Se a história não teve mistério o suficiente, temos uma última curiosidade para compartilhar: reza a lenda que um monge budista uma vez disse que ele deveria tomar cuidado quando atingisse os 61 anos, e foi exatamente quando ele desapareceu.

Quando estiver em Bangkok, é possível visitar a casa do Jim Thompson, que agora é um museu. Ela conta com um belo jardim e diversos objetos de diferentes partes da Tailândia, as quais ele colecionou nos anos 50 e 60.

Deixe o seu comentário