Blog Calça Thai - Estilo, moda, novidades e notícias do universo Thai – tagged "algodão"

Calça Thai

Descubra como escolhemos modelos para fotografar nossas calças

Autenticidade e naturalidade são dois conceitos que prezamos muito aqui na Calça Thai, tanto na personalidade da marca, quanto nos nossos processos internos, o que tem tudo a ver com a maneira como fotografamos nossas peças para mostrar a vocês. Mas antes de falar disso, se essas palavras autenticidade e naturalidade parecem muito vagas, vamos explicar.

Making Off

O conceito autêntico, em termos mais teóricos, diz respeito a algo verdadeiro, exato e que pode ser comprovado por fatos. Quando falamos de personalidade, autenticidade tem a ver com estar seguro de nós: resgatar nossas vontades, desejos e gostos, e estar confortável para ser exatamente quem a gente é. Na Calça Thai, somos autênticos tanto no nosso conceito de negócio, trabalhando próximo às nossas origens e não deixando-as se perderem, quanto no que queremos transmitir a vocês, encorajando todos e a cada um a se vestirem como se sentem bem. 

Já se tratando do termo natural, o que vem à tona é ser nosso estado mais simples, puro e sem rodeios. Ser natural, assim como ser autêntico, tem a ver com expor nosso verdadeiro eu. Aqui dentro da Calça Thai, o natural aparece desde a matéria prima dos nossos produtos, principalmente o algodão, até a comunicação que mantemos com vocês, consumidores, visando ser sempre próximos e humanos.

Em meio a tudo isso, temos as fotos de nossos produtos. Se você acompanha a Calça Thai há um tempo, provavelmente você já deve ter reparado na composição dessas imagens. São fotos geralmente tiradas em ambientes abertos, com verde, madeira e outros elementos da natureza, e o principal: com modelos femininos e masculinos, autênticos e naturais.

Calça Chang BordôCalça Vibe Terra

Para manter essa linha de raciocínio, não trabalhamos com agências de modelos. Buscamos uma imagem muito mais livre e relaxada, sem seguir padrões estéticos. A maioria dos modelos são encontrados por meio de redes sociais, e tentamos escolher aqueles que são mais próximos dos nossos consumidores em termos de estilo e visual. Para os modelos ficarem ainda mais confortáveis, nossa equipe aconselha que eles combinem as Calças Thai com roupas deles mesmo, e assim o look fica mais genuíno, as roupas vestem melhor e o modelo fica mais relaxado. Lembrando que não vendemos todas as roupas das fotos: apenas as Calças!

Vale ressaltar também que fazemos a maioria dos nossos editoriais aqui na Tailândia mesmo. Além de reduzir custos de produção em outro país, essa medida é importante para manter a legitimidade da imagens, principalmente pelo fundo e os ambientes onde as fotos são tiradas. O editorial realizado com a modelo grávida foi especificamente realizado no Brasil, principalmente porque queríamos uma modelo realmente brasileira.

Calça Flor Vermelha

Algumas curiosidades interessantes: além do pagamento da diária dos modelos, geralmente eles também ficam com uma peça utilizada no editorial como um presente da Calça Thai; modelos plus size, ou seja, modelos de tamanhos maiores, são muito difíceis de ser encontradas;  e por fim, modelos com traços asiáticos ou cabelos loiros e pele clara são as mais comuns aqui na Tailândia.

Após as modelos serem fotografadas, é hora de editar as fotos para subir no nosso site. É importante contar que não realizamos nenhum tipo de edição na forma do corpo dos nossos modelo por meio de photoshop. Os únicos tipos de edição que fazemos são cortes, para que as fotos fiquem melhor posicionadas, e em tons, para garantir que as cores das Calças são as mais próximas que a cor da peça ao vivo.

Lendo todo esse texto, é fácil perceber que realmente tentamos manter nossas imagens o mais natural e próximo do real possível, para que vocês entendam de verdade como determinada peça veste em cada tipo de corpo e qual é sua verdadeira tonalidade. Além disso, é muito importante trabalhar com modelos naturais, com tipos de corpo comuns, sem muita produção ou photoshop, e próximos dos nosso dia a dia. Continuar prezando pela autenticidade e naturalidade de tudo o que diz respeito à Calça Thai é uma das nossas prioridades!


Calça Indiana ou Calça Tailandesa? A gente explica!

Muitos anos atrás, o vestuário indiano influenciou o surgimento do modelo de calça envelope, na Tailândia. Esse modelo, que depois foi evoluído até o desenvolvimento das "fisherman pants", ou calça pescador, era formado por um pedaço de tecido retangular que é embrulhado ao redor do corpo e amarrado na cintura com o excesso de tecido. Os homens ajustavam a calça para uma altura mais curta, que facilitava o conforto para trabalhar, enquanto que as mulheres só usavam modelos longos, a fim de cobrir todo o comprimento das pernas - mostrar essa parte do corpo era um sinal de desrespeito. Além disso, muitas vezes os homens trabalhavam sem camisa, enquanto que as mulheres estavam majoritariamente cobertas.

Tecidos e roupas simbolizavam padrões sociais que diferiam ao longo dos reinados de cada monarca tailandês. A pessoas mais ricas usavam tecidos elaborados, altamente decorados, incluindo até mesmo fios de ouro ou de prata. Muitos dos tecidos utilizados em ocasiões especiais, como seda e cetim, eram frequentemente importados da Índia e da China. Enquanto isso, nas classes mais baixas predominava o algodão.

Roupa tailandesa antiga

Apesar desse tipo de vestuário acabar gastando uma maior quantidade de tecido, ele era amplamente utilizado, tanto pelo conforto, quanto pela versatilidade. Esse mesmo tecido com que se fazia as calças também tinha outros usos: proteger-se do frio, repelir mosquitos e outros animais, além de ser utilizado como toalha de banho. 

Enquanto isso, as calças indianas, também conhecidas como harém, também surgiram desse pedaço de pano retangular, que era difundido por diversos países da Ásia. Lá na Índia ele era conhecido como "dhoti", "pancha", "mardani"ou "veshti", e era utilizado majoritariamente por homens.

Calça Dhoti Indiana

Hoje, as calças indianas são amplamente utilizadas no mundo, por pessoas de ambos os sexos. Geralmente são largas, têm o gancho baixo e um elástico inferior na altura do tornozelo. Assemelham-se muito com as calças tailandesas, e muitas vezes fica até mesmo difícil diferenciar as duas, já que as culturas, os cortes e os tecidos já se misturaram bastante.

 


Como passar as peças feitas de rayon?

O rayon, ou seda vegetal, é um dos materiais mais utilizados na produção da Calça Thai e já foi discutido aqui mesmo no nosso blog. É um tecido originado da celulose e considerado vegano, ou seja, apesar de não ser completamente natural, não há a exploração de animais para que ele seja produzido. O rayon é bastante conhecido por ser um tecido leve, suave, ao mesmo tempo que respirável e resistente. 

Calça Thai Azul

Aqui na Calça Thai, as coleções em rayon são as calças Clássica, Pavão, Thai, Flor, Conforto e Pena, enquanto as outras são feitas de algodão convencional.

Calça Pavão Rosa

Para sua lavagem, é recomendado lavagem à seco, à mão e à máquina com água fria no ciclo delicado, por ser um tecido sensível. Também temos um post sobre outras alternativas para lavar suas roupas com consciência e preocupação ambiental, utilizando sabão em pó caseiro, bolinhas ecológicas ou sabão orgânico. Porém, dependendo da lavagem, é possível que as calças feitas de rayon formem alguns vincos ou mesmo enruguem um pouco. Para remover e mesmo evitar essas imperfeições, aqui vão algumas dicas:

  • Passe sua calça de rayon em baixo nível aquecimento do ferro de passar, utilizando uma configuração baixa. Temperaturas altas podem queimar o rayon;
  • Passe a peça por determinadas áreas e evite puxá-la para não causar deformação;
  • Vire as peças ao avesso quando estiver passando, já que a área em contato com o ferro pode desenvolver uma leve luminosidade;
  • Não utilize vapor ou spray. O rayon perde a tensão quando molhado, e adicionar vapor pode deixar o tecido mais vulnerável a algum dano quando estiver sendo passado; 
  • Passe sua peça com alguma proteção. Se você quer evitar o brilho que aparece quando se passa o rayon, lembre-se de utilizar uma barreira protetora. Você pode colocar uma toalha de mão na área que você quer passar e fazê-lo com a toalha por cima. Use apenas barreiras protetoras limpas e resistentes ao calor, como um tecido de algodão. Algumas pessoas também recomendam utilizar papel alumínio, mas é possível que o papel seja superaquecido e isso pode levar a queimaduras.

Calça Clássica Branca

Lembrete: sempre deixe as configurações do seu ferro de passar no nível mais baixo de aquecimento. Ainda que possa demorar um pouco mais para que a peça fique lisa e suave, adicionar calor excessivo ao rayon pode causar danos ao tecido.

Ainda ficou alguma questão? Se tiver mais dúvidas de como cuidar da sua Calça Thai, confira aqui o guia que preparamos para te ajudar!


Você sabe a diferença entre calça Pescador e Pantalona?

Aqui na Calça Thai, um dos modelos disponíveis no nosso site é o Pescador, que conta com nós e faixas e é comparado a um envelope. Existe também um outro modelo de calças largas que às vezes gera confusão: é a Pantalona. Você sabe qual é a diferença entre os dois?

A calça pantalona é uma calça bem larga desde a coxa e tem um corte bastante reto. É um modelo famoso dos anos 70, que recentemente voltou para as vitrines e guarda-roupas. Ela é utilizada em diversas ocasiões, formais ou casuais, e pode ser adaptada a estilos completamente diferentes, do hippie ao business casual. 

Calça Pantalona

Já a calça Pescador se constitui a partir da ideia de um envelope, ou seja, por dobras e faixas. Ela ganhou esse nome por ser muito utilizada por pescadores na Tailândia. É um modelo extremamente adaptável, já que pode ser ajustada tanto no comprimento quanto na cintura. Por ser envelope, todos seus ajustes são feitos por nós e dobras, não sendo necessário o uso de elásticos. 

Calça Pescador Verde Oliva
Calça Pescador Azul Real

Esses dois modelos podem gerar confusão porque ambos são largos, frequentemente utilizados até a altura do tornozelo e ao vestir, com as  pernas alinhadas, elas podem ser facilmente confundidas por darem um efeito muito semelhante.

Além da Pescador se diferenciar nas amarras, esse é um modelo mais focado no conforto e na funcionalidade do que no elemento fashion. É um modelo unissex e é bastante popular entre os homens. Em termos de uso, é muito utilizado por terapeutas, instrutoras de yoga e praticantes de meditação, não só pelo corte, mas pelas cores lisas que não causam tanta distração. Também é ideal para grávidas, já que as possibilidades de ajuste são vastas.

Aqui na Calça Thai, temos o modelo Pescador nas versões longa, que vai até os pés, e 3/4, que vai até a altura da canela. As cores disponíveis são vermelha, azul, verde oliva, azul real, marrom e cinza.

Observação: por conta dos nós e faixas, a Calça Pescador pode ser um pouco complicada na hora de ser vestida. Para garantir que você não fique com nenhuma dúvida, preparamos um tutorial que explica o passo a passo de como vesti-la. Confira e movimente-se! 


Moda é muito mais que tendência – Conheça a Moda Atemporal

A mudança é algo constante na moda. “Tá em alta”, “tá em baixa”, saiu de moda, agora voltou. Grande parte da indústria da moda gira em torno das mudanças, tanto por conta das tendências, quanto por conta da produção, ou seja, roupas que são produzidas para durar poucas lavagens e assim em pouco tempo o consumidor comprará outra peça. Na direção contrária dessa ideia existe um outro conceito, quase um movimento, no qual nós da Calça Thai nos inserimos: a Moda Atemporal.

Sendo focada tanto em oferecer um conceito de design quanto um conceito de negócios, a Moda Atemporal inclui roupas que “não caem de moda”, independente da estação, da temporada e das tendências do momento. Em termos de design, essas peças não seguem o corte, o tecido ou a cor da vez; elas estão relacionadas a um posicionamento visual que independe do tempo. Já em termos de negócio, as roupas são mais duradouras porque a ideia é que sejam utilizadas durante o ano todo, independente da estação.

Calça Thai Clássica Branca

 O conceito de moda, por si só, já é uma descoberta que diz muito. Ele veio da França e por lá significava aparência externa, ou seja, ao nascer, o conceito de moda não era relacionado a mudanças constantes e reinvenções frequentes como fazemos hoje, e sim ao vestuário que as pessoas utilizavam e como ele transmitia uma imagem. A relação entre moda e tendência surgiu na indústria moderna e, desde então, para se falar de uma moda que independe das mudanças das estações, utilizamos o termo Moda Atemporal.

A adaptação da noção de Moda Atemporal pelos consumidores se dá por duas razões principais: prática e conceitual. Considerando o lado prático, temos empresas com processos de produção mais lentos e que não acompanham a velocidade do “fast fashion”, e também regiões em que as estações do ano não são tão bem definidas e a temperatura é semelhante durante todo o ano. Tratando-se do Brasil, ainda que nós da Calça Thai oferecemos calças em dois materiais diferentes que atendem melhor inverno e verão (algodão e rayon), sabemos que as temperaturas não se alteram drasticamente como se compararmos a um país do hemisfério norte, por exemplo.

 

Calça Thai Pena Marrom

A razão conceitual, entretanto, talvez seja a mais forte, tanto para nossos clientes quanto pra gente: é a busca pelo consumo mais responsável, onde nossas roupas não precisam ser descartadas com uma frequência tão alta, e também a lealdade a um design ou corte que existe independentemente das tendências. Essa teoria também exige muito das empresas que produzem as peças, uma vez que precisamos garantir a qualidade de uma peça duradoura e também assegurar consistência a longo prazo nos nossos produtos e na nossa produção.

Aqui na Calça Thai, acreditamos que nossos clientes não compram uma peça de roupa ou um item fashion, mas sim um conceito – que é a razão pela qual existimos e pela qual conduzimos nossa startup da maneira como o fazemos. Em termos de design, nossa identidade é trazer calças estilo tailandês, mais largas, leves e com gancho baixo, independente do modelo de calças que está em alta no momento. Mas nosso maior feito é a noção ética que nos insere no movimento “Slow Fashion”, ou moda lenta, mantendo nossa produção com os vilarejos do norte tailandês, realmente nos importando com seus meios de vida, sem nos preocupar em nos adaptar a constantes alterações temporais. Mais que pertencer a uma tendência, aqui você pertence a uma causa.


Mas veganismo não é alimentação? Descubra a Moda Vegana

Veganismo: já ouviu falar? A maioria das pessoas associam veganismo apenas com alimentação, ou seja, manter uma dieta que exclui a ingestão de carnes ou qualquer outro alimento de origem animal, como leite e ovos. Entretanto, a ideologia vegana promove a proteção e preservação de todos os animais e diversos âmbitos da nossa rotina: mais que uma dieta, é um estilo de vida. O movimento inclui diversas práticas que boicotam atividades e produtos que vão contras direitos dos animais e do ambiente, como por exemplo cosméticos que são testados em animais ou mesmo o uso de animais para trabalho, caça ou confinamento.

Veganismo

As motivações por trás dessa ideologia incluem a compaixão com a vida animal, o impacto ambiental de atividades agropecuárias e também o cuidado com o próprio corpo e com a saúde. Sendo assim, intersecta diversos pilares da sociedade, como economia, saúde e meio ambiente. Muitos adeptos ao estilo de vida vegano são introduzidos a essa filosofia por conta da busca por uma alimentação mais leve, saudável e consciente, e acabam instituindo o veganismo em outras esferas da vida, alterando todo seu estilo de vida.

No mundo do vestuário, o veganismo também existe: é a moda vegana. Ela se materializa basicamente em um guarda roupa livre de produtos de origem animal. Couro, seda, camurça e lã, por exemplo, não fazem parte do mundo vegano, e isso também inclui acessórios e adornos como penas, plumas, pérolas e ossos. O couro, por exemplo, é a pele curtida de animais, e pode ser caprino, bovino e até mesmo couro de jacaré, cobra e rã; a seda é uma fibra proteica obtida a partir de casulos do bicho-da-seda. Ou seja, a produção desses tecidos implicam na exploração ou mesmo morte de animais.

Tecido vegano

Por outro lado, algodão e rayon são tecidos veganos, assim como poliéster e outras fibras sintéticas, que apesar de não serem de origem natural, não exploram animais para serem produzidos. Rayon é uma seda artificial originada da fibra de celulose que é regenerada normalmente. Já o algodão é uma fibra branca que se desenvolve ao redor de algumas sementes da família das Malvaceae.

Os tecidos naturais veganos – algodão e rayon – são os únicos que utilizamos aqui na Calça Thai. Ainda que o veganismo não seja o grande mote no qual baseamos nosso negócio, sempre prezamos por produtos que cause o menor impacto negativo possível no meio ambiente, na sociedade e na vida animal. Se puder optar, escolha se vestir vegano!


100% algodão – mas o que é esse tecido?

Você já pensou de onde o algodão vem e porque a gente gosta tanto dele? Além de leve e confortável, o algodão é natural – diferente de outros tecidos, como a lã, por exemplo, o algodão não é originado de animais. Sendo assim, além de uma produção mais limpa, o seu descarte também é mais sustentável, já que é um material orgânico que demora apenas cerca de três meses para ser completamente decomposto.

Algodão planta foto

O algodão é uma fibra branca que se desenvolve em volta de sementes de algumas espécies de plantas, pertencentes à família Malvaceae. É considerado um tecido vegano, já que sua origem é vegetal. É uma planta subtropical e tropical, encontrada em grande escala no Brasil e também na Tailândia, além de México, Austrália e África. Uma curiosidade é que os fragmentos mais antigos de algodão foram encontrados em países asiáticos.

Originalmente, o algodão começou a ser utilizado na China para se fazer papel e também encadernar livros. No Brasil, os povos indígenas já conheciam o algodão e dominavam sua produção desde antes do descobrimento - eles convertiam o algodão em fios a fim de produzir redes e cobertores. Já as folhas da planta eram utilizadas para a cura de feridas, seguindo técnicas da medicina natural indígena.

Por ser considerado um tecido delicado e macio para a pele humana, ele é utilizado para se produzir diversos produtos que entram em contato direto com nosso corpo, como vestimenta e roupas de cama. Isso ocorre porque o algodão não agride nossa pele, ou seja, é agradável tê-lo em contato com o corpo mesmo por grandes períodos de tempo - quando dormimos, por exemplo. Além disso, é um tecido que permite grande “respirabilidade”, o que significa que ele não sufoca nossa pele.

algodão roupa cama

Na Calça Thai, utilizamos dois principais tipos de tecido. O primeiro é o rayon, também desenvolvido em um processo que utiliza matérias primas naturais. O rayon é mais indicado para climas quentes, já que é um tecido mais leve e fino. Não adere ao corpo e possibilita muito conforto e movimento. O segundo é o algodão, do qual estamos falando aqui. Por ser um pouco mais grosso, o algodão é indicado para climas mais frescos. Isso não significa que o caimento é comprometido: o corte que utilizamos na Calça Thai preza pelo movimento independente do tecido, e claro, qualidade e beleza estão sempre na linha de frente.

Ficou com vontade de ter esse tecido mais pertinho? Os modelos femininos Mata, Onda, Pescador, Pescador 3/4 e os masculinos Om e Evolução são feitos 100% de algodão.


Combinações Inteligentes para a sua Calça Thai Masculina

Assim como as demais peças oferecidas por nossa loja, as calças masculinas são confeccionadas manualmente, o que faz com que elas possuam acabamento de primeira linha. Além disso, possuem bolsos laterais e são feitas de tecido 100% algodão. Você também pode adequar as peças às suas necessidades e preferências: as calças possuem amarração externa, a qual permite que a roupa se adapte a vários tamanhos (a cintura varia entre 71 cm e 122 cm).

Leia mais →


Calças Thai: fique por dentro das dicas de moda e vantagens de usar roupas leves

23 Setembro 2015
0 Comentários

Escrito por Calça Thai

Aqui na Calça Thai fazemos calças mas também somos amantes da Tailândia e da cultura tailandesa.

Calças Thai: fique por dentro das dicas de moda e vantagens de usar roupas leves

Os benefícios de usar roupas confortáveis e leves como a calça harém ou os produtos da Calça Thai são inúmeros, pois não agridem a pele e são feitos por tecidos confortáveis. No verão, por exemplo, é importante que usem roupas leves para amenizar o calor e proteger o corpo. Já na hora de fazer exercício físico, o ideal é usar roupas mais largas para não prender a circulação. Confira abaixo algumas dicas.

Leia mais →


Você conhece o algodão Rayon?

31 Julho 2015
6 Comentários

Escrito por Calça Thai

Aqui na Calça Thai fazemos calças mas também somos amantes da Tailândia e da cultura tailandesa.

Você conhece o algodão Rayon?

Algumas das calças da nossa loja online são produzidas com o algodão rayon, mas você sabe o que isso quer dizer? O algodão rayon é uma fibra desenvolvida num processo que utiliza matérias primas naturais, como polpa de madeira (celulose), para produzir um tecido que se assemelha muito ao algodão e ao linho.

Leia mais →