A cultura tailandesa dos Espíritos: proteção e crença (e um pouquinho – Calça Thai

A cultura tailandesa dos Espíritos: proteção e crença (e um pouquinho de medo)

04 Dezembro 2016
1 comment

Escrito por Marina Lourenço

A cultura tailandesa dos Espíritos: proteção e crença (e um pouquinho de medo)

Já sabemos que a Tailândia detém uma cultura extremamente espiritualista. Aqui no blog da Calça Thai, já falamos sobre o xamanismo e sua busca pelo mundo dos espíritos. Também sobre a enorme quantidade da população que é budista e como o país é impactado por conta da religião. Diante de toda essa inclinação espiritual, um ponto se destaca: os espíritos, ou Phi, na língua thai. Intrínsecos entre as crenças dos tailandeses, os espíritos trazem proteção - mas por ser algo sobrenatural, também causam algum receio.

Budismo - Espíritos

Acredita-se que os espíritos estão por toda parte mas principalmente em algumas árvores, perto de templos e em casas abandonadas. Se você compra um terreno para construir uma casa, por exemplo, assim que sua casa estiver de pé, o próximo passo é construir a casa dos espíritos. Isso ocorre justamente porque a crença diz que os espíritos já estavam lá antes de você chegar, dessa maneira, você precisa proporcionar moradia para os mesmos. Essa casinha se encontra em quase todas as casas e prédios pela Tailândia, até mesmo em estabelecimentos comerciais e universidades, e todos os dias recebem oferendas do povo, como incensos, flores e comidas. Uma curiosidade é que é comum encontrar refrigerantes sabor morango nas casas dos espíritos, já que acredita-se que eles gostam de bebidas doces. 

Casa dos Espíritos - Fanta sabor Morango

 A crença nos espíritos é muito antiga, tendo surgido a partir de lendas do folclore local. Pouco é encontrado escrito e registrado sobre isso: a maior parte dessa cultura é transmitida pela contação de histórias entre as famílias. A mídia moderna também contribui para que essa crença se mantenha viva e seja ainda mais disseminada, já que diversas novelas e filmes tailandeses incluem espíritos em seus enredos e trazem esse ponto à tona, principalmente puxando para o terror - o que pode influenciar no nosso próximo ponto: o medo que alguns tailandeses sentem de espíritos.

Oh My Ghost! Thai Movie

Ainda que os tailandeses prezem pelo bem estar dos espíritos, sempre garantindo que eles estejam bem cuidados, muitos deles também têm medo de encontrar um espírito por aí. Tal característica pode ser influenciada por essa abordagem da mídia moderna, que na maior parte dos casos traz os espíritos como criaturas assustadoras, aterrorizantes, muitas vezes até mesmo deformadas fisicamente e causando susto em pessoas comuns. Conversando com tailandeses, é comum compartilharem histórias de tensão, como casos que eles mudaram a rota de uma viagem por acreditarem ter visto um espírito pelo caminho, ou não querendo entrar em um quarto de uma casa por acreditar que estão ouvindo ou tendo sinais da presença de um espírito, ou mesmo deixando uma cama vaga dentro do quarto, para que o espírito possa dormir.

Para quem não acredita, é difícil entender como tudo isso funciona, porque é algo que acaba se tornando muito distante do racional. Já para aqueles que têm essa crença, é algo tão normal que já está intrínseco no dia a dia: faz parte da cultura, das casas, das ruas e da sabedoria popular. Essa é mais uma parte da riquíssima cultura espiritual tailandesa - e fique ligado que sempre vem mais por aí!

Se você gostou desse post, você também pode gostar:


1 Comments

22 April 2018 at 02:20 AM
Nmax

Gostei muito dessa postagem porque eu quando criança brinca com com um amigo é uma amiga nos escutavam vozes e gemido num pé de umbuzeiro na casa desses amigos no corria pra lá e parava quando nos saia de la tudo começava comigo até que um dia o tio da quela casa tapou o buraco da árvore aonde saia o gemido e a voz e nunca mas ninguém ouviu mas os gemidos e as falas naquela árvore eu na Quelé tempo não sabia se existia espíritos pois minha mãe dizia só que quando uma pessoa morreu a alma vai pro céu mas ela não acreditava em espíritos da natureza mas acreditava em inferno e em céu e o que eu sabia só isso os bom vão pro céu e os mais pro inferno e eu via as vozes e os gemidos e não tinha medo ainda hoje o umbuzeiro está lá mas ninguém ouve mas nada será que era espíritos das árvores ou almas delitos humanos bom se fosse hoje eu tentaria conversar com essa voz pra ver o que era mim até hoje me lembro como se fosse hoje de todos os detalhes do gemido pois o tio do interior do ouviu e acredito em nós depois que ele ouviu ele ficou assustado e tapou o buraco da árvore hoje ele não estar aqui conosco por pra contar a história ele ficou doido uns tempo e depois morreu antes dele tapar o buraco do embusteiro a mulher dele ficava doida de vez enquanto é depois que ele tapou ela nunca mas ficou doida pra mim o que eu acho que lá Tinho algo misterioso a tia ainda é viva e nunca mas ficou doidaalguém pode mim informar que o que tinha nessa árvore?pois até hoje pra mim lá tinha um espírito mim.

Deixe o seu comentário